Mudar de vida em 5 minutos com Dirga Pranayama.

Embora se ache que quanto mais difícil as tarefas, melhor o resultado, por vezes o mais simples torna-se o mais eficiente… Quando o dia não esta a correr da forma que mais gostaria, uso um truque simples para mudar a minha vibração energética e mudar o rumo do meu dia: DIRGA PRANAYAMA.

Este pranayama permite focar a atenção no momento presente, acalmar a mente e ajudar a “enraizar” e é muitas vezes feito sentado numa posição confortável, com as pernas cruzadas, mas também se pode fazer deitado de costas. Deitado, poderá mais facilmente sentir o ar passar pelo corpo.

a152c8_abf97e5dcf69414884025a124ce2249c.jpg_srb_p_843_474_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srb

1. Sente-se de pernas cruzadas com a coluna vertical (mantendo a curvatura lombar) ou deite-se de costas com os olhos fechados, relaxando o rosto e o corpo.
2. Comece por observar a inalação e exalação, o seu ritmo respiratório natural sem mudar nada. Se estiver distraído pela atividade da sua mente, tente não se envolver nos seus pensamentos. Basta observá-los e, a seguir, deixá-los ir, trazendo de volta a sua atenção para a respiração.
3. A seguir, comece a inalar profundamente pelo nariz.
4. Em cada inalação, enche a barriga de baixo para cima. Expanda a barriga com ar, como se fosse um balão.
5. Em cada expiração, expelir todo o ar para fora da barriga através do seu nariz. Leve o umbigo em direção a sua coluna para se certificar de que a barriga está vazia de ar.
6. Repita este exercício, enchendo a barriga de ar com uma respiração profunda, cerca de cinco vezes.
7. Na próxima inalação, encher a barriga como descrito acima e deixar que o ar se difunda na caixa torácica levando à sua expansão.
8. Expire de cima para baixo, deixe que o ar passe da caixa torácica para a barriga, deixando as costelas retomar o seu espaço original e leve progressivamente o seu umbigo em direção à coluna vertebral.
9. Repita esta respiração profunda, barriga e costelas, por mais cinco vezes.
10. Na próxima inspiração, enche a barriga e costelas com o ar conforme indicado. Em seguida, deixando que o ar suba um pouco mais para preencher a parte superior do tórax, até a clavícula, fazendo com que a área em torno do coração (anahata chakra) se expanda e cresça.
11. Ao expirar, comece por esvaziar a parte superior do tórax, permitindo que o coração fique mais aconchegado, de seguida, deixe as costelas deslizar para dentro. Por fim, leve novamente o umbigo em direção à coluna vertebral.
12. Continue no seu próprio ritmo, deixando as três partes da respiração acontecer naturalmente, sem pausa.
13. Continue por cerca de 10 respirações.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: