Prevenção de lesões: pode o yoga ser o segredo?*

10

Quem corre e/ou pratica exercício físico regularmente, já passou por pelo menos por uma lesão. Das entorses que nos deixam longe da estrada, dos trilhos ou do ginásio durante alguns dias; às distensões que nos levam aos blocos operatórios e requerem períodos longos de recuperação, as lesões não discriminam: há-as para todos os estilos de atletas! Às vezes atacam os músculos, outras vezes as articulações. São dolorosas, debilitantes, intensas… mas são também evitáveis!

12No passado dia 17 de janeiro estivemos na masterclass Yoga Técnico – Biomecânicas no Asana dirigida pelo professor de yoga Jean Pierre de Oliveira e aprendemos alguns truques valiosos para preservar o nosso corpo sem abdicar das longas corridas matinas, das horas de almoço no ginásio ou dos trackings aos fins de semana. A solução? Está na tomada de consciência do nosso corpo. No yoga, portanto! Biomecânica e Tadasana, fixe estes nomes!

Bio-quê?

Comecemos pela biomecânica. A ciência que concilia conhecimentos de princípios e métodos mecânicos e conhecimentos de anatomia e fisiologia é uma das ciências base para a formação dos professores de yoga. «Com uma análise biomecânica, os participantes das minhas aulas, podem saber quais os efeitos agudos e crónicos dos erros cometidos nas asanas (posturas)», explica o professor de yoga Jean Pierre de Oliveira.

Numa perspetiva biomecânica, a prática do yoga pede-lhe que repense na forma como deve colocar o seu corpo: os ombros, as ancas, a curvatura da coluna. E, é por essa razão, que o yoga pode ser o segredo para uma prática de exercício livre de lesões! Pode optar por fazer aulas de yoga ou apenas importar algumas das posturas mais recomendadas para a sua rotina de exercícios. Antes e depois de se fazer à estrada, estas posturas podem salvar-lhe a vida! Este é o seu ponto de partida. E, no yoga, esse ponto de partida tem um nome: Tadasana!

A Postura da Montanha

14«As lesões crónicas não aparecem de um dia para o outro», explica o professor de yoga. «São processos duradouros e constantes de maus alinhamentos». Há quatro zonas do nosso corpo afetadas por estes maus alinhamentos: coluna e costas; ombros e omoplatas; braços, cotovelos e pulsos; e pernas, joelhos, tornozelos e pés.

Nos programas de treino que desenvolve, leva os seus alunos a assumir as posturas corretas que preservam o seu corpo, bem como músculos e articulações de todas estas zonas. Como? Focando-se nos alinhamentos que elas exigem e ajudando-os a encontrar os seus verdadeiros limites de amplitude articular. Porque há alturas em que devemos insistir e ultrapassar a dor mas também há momentos em que devemos ouvir o nosso corpo e saber parar. «No yoga, não se trata de ser mais flexível ou mais forte, mas sim de encontrar o nosso ponto de equilíbrio entre flexibilidade e força». A asana perfeita para encontrar o alinhamento certo para si é a Tadasana, também conhecida como a Postura da Montanha.

Muitas lesões ocorrem em posturas de yoga mais complexas ou durante a prática de outros exercícios de cardio e de força, mas se utilizar a Tadanasa para garantir alinhamentos seguros antes de iniciar o exercício, vai encontrar mais facilmente esse equilíbrio entre força e flexibilidade. Jean Pierre chama-lhe – à Postura da Montanha – a «matriz inicial de alinhamentos, aquela que iremos utilizar para uma pratica saudável e aquela que propicia o nosso desenvolvimento físico e mental».

E você pergunta: mental? Sim, mental! Voltamos à biomecânica e ao seu princípio base: uma maior consciência do corpo resultará num menor número de lesões. E, porque a Tadasana coloca a sua consciência em si e no momento presente (aqui e agora), torna-se a base ideal para qualquer prática de exercício.

*artigo publicado na edição de Março da revista Reiki & Yoga

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: