Dhyana e o poder da nossa consciência.

Foto por Mário Fragoso
Foto por Mário Fragoso

As prácticas que o yoga nos convida a fazer são muitas. Segundo o Yoga Sutra, são essencialmente oito: Yama, Niyama, Asana, Pranayama, Pratyahara, Dharana, Dhyana e Samadhi. Hoje, em vésperas de partirmos para o nosso retiro de yoga na Casa Shanti, dedicamos-nos sobre duas: dharana e dhyāna, sendo que a primeira é simplesmente o estágio de meditação que antecede a segunda.

Meditar é um dos maiores desafios que os yogis enfrentam. Libertar a nossa mente de distracções, controlá-la é o trabalho de uma vida. Mas temos de começá-lo por algum lado. Por onde? Pela tomada de consciência. Quer praticar Dharana? Torne-se consciente de que você é o objecto da sua contemplação e mantenha esse estado por 144 inspirações e expirações. Procure dominar a técnica à medida que se vai sentindo confortável com o exercício. E repita-o sempre que precisar. Volte-se para si!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: