Alimentação e yoga moderno.

Jean Pierre de Oliveira
Foto por Mário Fragoso

“A prática de ioga é impossível para qualquer pessoa que coma em demasia ou coma muito pouco, durma em demasia ou não durma o suficiente.”  In: Bhagavad Gita, 6.17

Sofia A. Rodrigues, nutricionista
Blog Nutriente Secreto
Facebook/nutrientesecreto

O yoga é um sistema global que integra valores éticos e morais cuja prática desenha uma rota para alcançar um objetivo, ou seja, o yoga é um meio para atingir um fim. Sendo  uma filosofia prática, o yoga oferece uma visão do mundo, um estilo de vida saudável e único onde cada praticante o vivencia de acordo com a sua própria experiência, persistência, personalidade, caráter, disciplina e vontade.

No ocidente, grande parte dos praticantes de yoga, não são vegetarianos tal como preconizado pelo sistema clássico do yoga hindu. Apesar disso, podem e devem aproveitar a filosofia yogica para enriquecer e melhorar os seus hábitos alimentares e, dessa forma, potenciar a sua performance durante a prática de posturas e aumentar significativamente os seus níveis de saúde e bem estar.

A manutenção de uma alimentação correta sustenta-se em 4 leis fundamentais:

1) a Lei da Qualidade;
2) a Lei da Quantidade;
3) a Lei da Adequação;
4) a Lei da Harmonia.

Estas leis complementam-se de forma sinérgica e impactam todas as áreas da vida humana, incluindo a sua prática de yoga. No âmbito de um estilo de vida saudável e considerando as leis da alimentação, ajuste o seu padrão alimentar às seguintes regras:

  • Estabeleça horários regulares para as suas refeições diárias;
  • Combine os alimentos certos para alcançar uma sinergia nutricional ótima;
  • Consuma a quantidade de alimento necessária para satisfazer as suas necessidades metabólicas e energéticas, adequando a ingestão alimentar ao seu estilo de vida, tipo biofísico e resultados pretendidos;
  • Faça da água a sua bebida de eleição, evitando bebidas alcoólicas e açucaradas;
  • Reduza o consumo de alimentos de origem animal, processados e refinados;
  • Aumente o consumo de alimentos in-natura.

Faça um pequeno lanche 2 horas antes da prática de yoga, adequando a qualidade e quantidade de alimento ao tipo de yoga que pratica (yoga tónico é diferente de yoga restaurativo).

1) Para a prática de yoga tónico, a sugestão é:

Papas de quinoa com coco e amêndoas (1 dose).

Ingredientes:

100 g de grãos de quinoa cozidos;

100 ml de leite de arroz e coco;

1 colher de café de canela em pó;

Raspa de limão;

1 colher de sopa de coco ralado;

4 amêndoas torradas com pele.

Preparação: coloque ao lume a quinoa, o leite de arroz e coco e o coco ralado. Deixe cozinhar durante 5 minutos em lume brando. Retire do lume, deixe arrefecer a temperatura ambiente e sirva polvilhado com canela, a raspa de limão e as amêndoas torradas.

2) Para a prática de yoga restaurativo, a sugestão é:

1 peça de fruta pequena + 3 nozes.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: