5 Benefícios do Yoga para homens desportistas

Por João Fernandes  gestor de empresas, engenheiro informático,
viciado em desporto e apaixonado por Yoga.

Posso dizer que sou viciado em desporto! Toda a minha vida tive uma prática desportiva regular tendo passado por inúmeros desportos como: Artes marciais, Kick Boxing, Atletismo, Futebol, Musculação, Ginásio, Surf etc… Hoje, aos 32 anos e apesar de ter uma vida profissional muito exigente, tento manter uma rotina desportiva regular, com treinos 3 a 4 dias por semana.

Procuro treinos que me desafiem fisicamente, que me ajudem a quebrar a rotina do dia-a-dia e que possibilitem manter-me em forma, controlando o meu peso e ajudando-me a desenvolver a minha resistência muscular e cardiovascular.

Considero-me uma pessoa bastante ativa e detesto rotinas! Por isso, tento que as minhas experiências desportivas sejam diferentes em cada dia. Com isso em vista, estou constantemente à procura de novas atividades que tornem o meu treino mais completo e desafiante e que me possibilitem experimentar coisas novas.

Como cheguei ao Yoga?

Durante alguns anos ouvi falar de Yoga e sou sincero, sempre tive alguma curiosidade! No entanto, construi a perceção que o Yoga seria uma atividade muito parada, talvez demasiado espiritual e definitivamente não um desporto, muito menos um desporto para homens…

Como tenho pouco tempo disponível, tenho de escolher as atividades em que me envolvo de forma criteriosa. Assim, o Yoga acabou durante muito tempo por não ser uma opção para a minha rotina desportiva.

A muito custo e após inúmeras insistências, um amigo frequentador assíduo das aulas do Jean-Pierre (Yoga Spirit), convenceu-me a experimentar uma aula de Yoga com ele e nesse momento descobri um novo vício!

Mesmo estando habituado a práticas desportivas regulares e intensas, o meu primeiro treino de Yoga deixou-me fisicamente de rastos!

Foram 90 minutos de um treino de alta intensidade onde descobri músculos que certamente nunca tinha usado antes. Uma mistura inteligente de treino muscular e treino cardiovascular, fez-me transpirar e quase desistir por várias vezes.

Fiquei deveras impressionado com a resistência física dos outros praticantes e envergonhado da minha falta de resistência para exercícios aparentemente tão simples. Saí do treino surpreendido e rendido ao Yoga!

O Yoga era afinal um treino físico bastante desafiante, intenso e completo (mesmo para um praticante regular de desporto). Ao mesmo tempo, possibilita um relaxamento físico e mental que me tem trazido inúmeras mais-valias para as minhas outras atividades desportivas.

1jf1

Passados mais de 2 anos, o Yoga continua a fazer parte integrante das minhas rotinas desportivas e sinto que tem sido uma peça central no desenvolvimento do meu condicionamento físico a vários níveis.

2jf1

Vantagens da prática de yoga para um desportista.

Atualmente uso a prática de Yoga como complemento a treinos de ginásio e corrida. Embora existam um conjunto vasto de artigos sobre os benefícios do Yoga, a verdade é que muitas vezes os mesmos não são totalmente claros relativamente às vantagens deste tipo de treino, para alguém que pratica regularmente outros desportos.

Assim, tentei sistematizar o que considero ser as principais vantagens do Yoga para mim.

. Força e resistência muscular

O Yoga faz do nosso corpo o nosso próprio ginásio. Através de posturas de permanência, trabalhamos de forma intensa os nossos braços, ombros, costas, core e pernas. Estes exercícios não só permitem o treino de resistência muscular como ajudam igualmente a tonificar todo o corpo.

3jf1

O trabalho muscular desenvolvido durante a pratica de Yoga é uma importante mais-valia para outros desportos como a corrida, musculação ou qualquer tipo de treino funcional. Sendo mesmo na minha opinião indispensável para evitar lesões musculares ou posturais durante a prática desses desportos.

9jf1

. Resistência cardiovascular

Tanto através das posturas de permanência como de transições ativas entre posturas, o ritmo cardíaco aumenta trabalhando a nossa resistência cardiovascular.

Os gráficos seguintes mostram a captura do ritmo cardíaco de dois treinos meus, um de Yoga e outro de BodyPump através da Fitbit. É interessante constatar que o trabalho cardiovascular de ambos os treinos é, na sua generalidade, muito semelhante. Sendo ainda assim, o ritmo cardíaco médio ligeiramente superior na prática de Yoga.

jf1* Frequência cardiaca recolhida pela Fitbit durante um treino de Body Pump

jf2
* Frequência cardiaca recolhida pela Fitbit durante uma prática de Hot Yoga

. Perda e controlo de peso

Tanto através do trabalho muscular como do trabalho cardiovascular, o Yoga potencia um significativo gasto calórico que ajuda a reduzir ou controlar o peso.

Numa aula média de 90 minutos é normal haver um consumo calórico entre as 450 e 600 calorias. Possibilitando a um praticante regular, manter um peso saudável ou mesmo perder os quilos a mais.

Novamente numa comparação com uma aula de BodyPump, é possível constatar um consumo calórico semelhante entre as duas atividades.

jf3
* Frequência cardiaca por zonas recolhida pela Fitbit durante um treino de Body Pump

jf4
* Frequência cardiaca por zonas recolhida pela Fitbit durante um treino de Hot Yoga

jf5* Consumo calórico recolhido pela Fitbit durante um treino de Body Pump

jf6
* Consumo calórico recolhido pela Fitbit durante um treino de Hot Yoga

. Flexibilidade e trabalho postural

A prática de Yoga é especialmente eficaz no desenvolvimento da flexibilidade das fibras musculares. Não é obrigatório fazer posturas apenas acessíveis a contorcionistas profissionais, pois mesmo através de posturas relativamente simples, é possível trabalhar de forma progressiva a flexibilidade de várias partes do corpo.

5jf1.jpg

Este treino possibilita um aumento de rendimento em qualquer outra atividade física, diminui o risco de lesões musculares e articulares, contribui para uma melhor postura e equilíbrio do corpo bem como possibilita uma melhor gestão do stress muscular do corpo.

6jf1

Para além disso, através de Yoga ganhei uma maior consciência para a importância da minha postura. Através do fortalecimento dos músculos das costas e abdominais conseguimos adotar de forma natural, posturas benéficas para o corpo, potenciando melhores resultados em desportos como musculação ou corrida, bem como melhorar as dores crónicas nas costas.

. Treino mental

Enquanto gestor, acreditei durante muito tempo que poderia controlar tudo à minha volta. Através da prática de Yoga (respiração, estar presente e desapegando-me dos pensamentos), aprendi a deixar as coisas acontecerem naturalmente na minha vida.

7jf1

O Yoga deu-me ferramentas muito importante para conseguir tomar boas decisões em ambientes de stress elevado, para reagir de forma mais mais ponderada e calma, bem como melhorou de forma significativa o meu relacionamento com outras pessoas.

Essas ferramentas e esse treino mental ajudam-me hoje a ser uma melhor pessoa, um melhor profissional e um melhor desportista.

O meu desafio para ti!

No Yoga, encontrei um complemento perfeito para a minha rotina desportiva, hoje após mais de dois anos de prática, tenho a certeza que o Yoga é uma das atividades que mais contribui positivamente para a minha condição física.

8jf1.jpg

Certamente que o Yoga não será uma prática para todos, mas penso que os benefícios falam por si. Não te deixes levar por mitos e experimenta uma aula pois certamente que ficarás surpreendido!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: