Metáfora física

Neste domingo passado, tivemos o nosso último ajuntamento yógico do ano na Mouraria. Esta masterclass, com uma temática escolhida a dedo para terminar este período de 12 meses: Moksha, que seria o derradeiro propósito do homem, libertando-se da necessidade de reencarnar por ter alcançado o (re)conhecimento que viera buscar.

Como numa metáfora com forma física, a prática culminou com a necessidade de solicitar apoio e dar apoio aos praticantes dos tapetes vizinhos para relembrar que o crescimento é feito em conjunto, na nossa vida ao quotidiano, ao aceitar as condicionantes oferecidas pela vida e ao manter o foco no que nos faz sentir bem e não na vida como ela nos parece ser. É com os outros que temos a possibilidade de vivenciar a nossa humanidade, ganhar maturidade e crescer para transmutar a vida numa experiência espiritual.

Aqui partilho convosco, alguns momentos desta prática memorável. Contudo não me esqueço de vos agradecer a todos por ter feito deste encontro mensal o que ele é.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: