Nutrir-se por dentro e por fora

Acredito que ter uma alimentação consciente é simplesmente uma extensão da prática de Yoga, quando aplicada fora do tapete, quando o Yoga se transforma num estilo de vida e deixa de ser uma simples sequência de posturas entre quatro paredes.
Este texto, com algumas dicas e recomendações, vem para complementar o artigo que escrevi para a Revista Reiki & Yoga de Janeiro 2020.

Comece a observar a sua prática de alimentação

. Se costuma fazer refeições com música, TV ou outros sons em segundo plano, tente desligá-los.

. Permita-se diminuir a velocidade com que come e observe os alimentos à sua frente. Observe a cor, a textura e o aroma. Quando mastigar permita-se desacelerar e mastigar o alimento por completo, permitindo aperceber-se dos vários sabores.

. Reserve um momento para considerar a fonte do alimento. Se for um vegetal ou uma fruta, imagine a planta de onde foi recolhido, a pessoa que o escolheu, o caminho e a distância percorridos para chegar até ao seu prato. Se é uma carne, considere a proveniência do animal, como foi alimentado e tratado.

. Considere como os alimentos foram cozinhados. 

Práticas de yoga e alimentação consciente

Aprenda a definir uma intenção

Defina a sua intenção, deixando de lado as expectativas. Ao definir uma intenção para uma prática de yoga (como sejam a paz, a presença, a alegria, ou outros aspetos) fixe sempre um tema ao qual poderá regressar durante a sua prática. Aprenda a definir uma intenção antes de comer, como por exemplo “Quando terminar de comer, quero sentir-me melhor do que quando comecei”. Definir uma intenção leva a uma consciência mais profunda, qualquer que seja a acção; contudo, aprenda a não criar expectativas que poderão drenar a sua energia caso não sejam atingidas.

Pare com frequência

Quando estamos em práticas mais intensas de Hatha Yoga podemos precisar de parar para voltar a encontrar o fôlego. No meio de uma refeição, pratique esta mesma técnica, respire e avalie como está o seu estômago. Observe se goste da comida, se precisa mesmo de terminar o seu prato ou se precisa , simplesmente, de parar de comer.

Permita-se integrar a experiência 

As aulas de yoga terminam com Savasana, uma posição de recuperação e integração em que fica deitado de costas, de olhos fechados por 5 a 10 minutos. É nesta pausa que permite que seu corpo e mente assimilem a prática. Isto também pode ser aplicado à sua alimentação. Após o último pedaço de comida, sente-se, repare no seu grau de satisfação, respire e descanse antes de prosseguir e de retomar as suas próximas actividades.

Pratique para evoluir

Quer esteja na sua prática de Hatha Yoga ou a comer de forma consciente, há sempre momentos em que tudo acontece de forma espontânea e natural e, outros, em que manter-se consciente torna-se um desafio arrebatador. Mas é exatamente por isso que são chamadas de práticas: onde é necessário uma acção repetida para se obterem resultados consistentes para evoluir.

Quer seja pela prática de Asanas ou de uma Alimentação Consciente, sentirá mais satisfação ao realizar essa prática com maior atenção e com uma intenção bem definida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: