Um mundo de mulheres

Estava com vontade de escrever para marcar o dia da mulher (ou dia das mulheres) e depois pensei: enquanto houver necessidade de um dia das mulheres, haverá desiguales. Eu quero mesmo um mundo melhor onde não se olhe ao género, as preferências, as cores da pele ou as origens genéticas e vou sempre falar e agir... Continue Reading →

A ignorância, o sofrimento e o Yoga

É comum ouvir-se dizer no mundo do Yoga que o sofrimento é inerente à ignorância. Esta ignorância é a ausência da necessidade de procurar o conhecimento (auto-consciência). É aquela que deriva da personificação do EU e de acharmos que somos quem os outros vêm ou de achar que somos o que sabemos. Ao estudar o Yoga e... Continue Reading →

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑